[ editar artigo]

Vamos combinar: Criança não tem namoradinho, criança tem amiguinho

Vivemos em uma época onde tudo avança de maneira muito rápida. O que analisamos hoje como algo de vanguarda, amanhã já será ultrapassado.

Quando temos essa percepção, conseguimos entender que as crianças são afetadas de maneira profunda por tantas mudanças. Na realidade, as crianças são prejudicadas pela pressa dos pais, sobretudo em um mundo onde a maioria vive sem tempo para o desenvolvimento natural das coisas.

Vamos combinar Criança não tem namoradinho, criança tem amiguinho - Papo de Pai

Cada dia menos nosso pequenos tem tempo para serem crianças, para pensarem e agirem como tal. A inocência e o mundo lúdico das crianças são substituídos pela "necessidade" de crescer, de emular o comportamento adulto. Não respeitam o fato de que criança deve brincar, estudar, ser criança.

Vamos combinar Criança não tem namoradinho, criança tem amiguinho - Papo de Pai

Um comportamento típico que serve como exemplo perfeito para essa tendência é um típico comentário muito comum de um adulto para uma criança. "Você já tem namoradinha? Na sua idade tem que pegar todas". Ou então "Você ainda não tem namoradinho? Se não arrumar logo vai acabar sozinha".

Não devemos interferir no lúdico

Vamos combinar Criança não tem namoradinho, criança tem amiguinho - Papo de Pai

Esses comentários são extremamente perigosos, podem atrapalhar a formação, além de evitar que nossos filhos vivam experiências próprias da idade e que são vitais para a formação de um adulto saudável. Interferir no universo mágico deles não contribui em nada.

Normalmente os pequenos são expostos a todo tipo de conteúdo "emancipatório", como as famosas novelas adolescentes, que na realidade são assistidas por crianças menores de 10 anos.

Vamos combinar Criança não tem namoradinho, criança tem amiguinho - Papo de Pai

Precisamos garantir que nossos filhos vivam todas as etapas do crescimento, da sua evolução, sem pular os momentos que são marcos na vida de qualquer pessoa.

Ajude seu filho a viver as coisas certas. Incentive a amizade com colegas, ler livros educativos que vão ajudar a formar seu caráter. Aprender a respeitar as pessoas ao seu redor e , principalmente, faze-las entender que essa fase é uma das melhores da vida e que ele deve aproveitar com alegria.

Ler matéria completa
Indicados para você