[ editar artigo]

Tudo que um pai precisa saber para prevenção do Coronavírus, sem paranoia!

Sem nenhuma dúvida, o assunto do momento é o vírus COVID-19, ou, como é popularmente conhecido,  Coronavírus. Agora classificada como pandemia, anúncio feito na última Quarta-Feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a onda de contaminação do vírus já atingiu 110 países e infectou mais de 126 mil pessoas. Com isso, já sabemos que medidas de prevenção devem ser tomadas de maneira igual em todo mundo. No Brasil, onde já foram confirmados 52 casos (dados atualizados até a publicação desse texto), a situação ainda não exige medidas extremas mas é preciso muito esforço conjunto para que o quadro não se agrave. Apesar disso, não há motivos para alarmismo e sim uma forte conscientização sobre o que fazer. São coisas diferentes.

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Diante desse cenário, a preocupação maior de nós babões é com nossos pequenos. Muitos frequentam ambientes com grande aglomeração de crianças como creches ou escolas. Nós mesmos, ao circular por diversos pontos, e muitas vezes utilizar o transporte público, devemos nos atentar para a possibilidade de trazer o vírus para dentro de casa, atingindo nossos filhos.

O Papo de Pai decidiu abordar o assunto não apenas para ajudar na conscientização de como se prevenir mas principalmente para trazer mais tranquilidade para nosso leitores já que a disseminação de pânico via redes sociais é enorme. Calma babão, o Covid-19 é só mais um vírus de forte atuação, como já foi em um passado recente a gripe H1N1, lembra? Já reparou como, a partir daquele momento, estabelecimentos públicos passaram a ter álcool em gel permanentemente, como os restaurantes por exemplo. Basta se prevenir.

Espaços públicos, como se comportar?

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Esse é um ponto que gera muita preocupação, e as vezes excessiva, por se tratar de algo inevitável, temos que circular por locais com grande fluxo de pessoas. O recomendado é evitar grandes reuniões onde possam haver um número alto de aglomerações. De acordo com informações da doutora Izabel Marcílio, médica epidemiologista do núcleo de vigilância epidemiológica do Hospital das Clínicas de São Paulo, em entrevista ao jornal El País, o vírus é transmitido principalmente quando há contato próximo, como em uma conversa, já que as gotículas de saliva, ou mesmo uma eventual tosse, podem contaminar.  "...já percebemos que com esse vírus o mais importante é o contato, conversar, ter contato e estar próximo a alguém infectado. Esse contato próximo é mais perigoso que o contato só respiratório, de só estar num mesmo ambiente", alerta Izabel. “Então não tem por que usar máscara se você não está doente. Quem tem que usar é a pessoa que está doente, é ela quem transmite”.

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Os pais que puderem evitar que seus filhos pequenos frequentem a escola, ou a creche, podem faze-lo. Embora o cenário no país ainda não seja de restringir o uso de espaços compartilhados. No momento é importante não ficar em parafuso, querendo trancar seu pequeno em casa. Apesar disso, fique atento a evolução dos casos, se informe por meios confiáveis e, se for necessário, altere sua rotina.

Quais são os sintomas do vírus?

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

É bom esclarecer que os sintomas são os de uma gripe comum, como dissemos acima. Febre, tosse e dificuldade para respirar. É importante frisar que a taxa de mortalidade gira em torno de 2%, não sendo considerada alta. Os grupos de riscos são as pessoas com idade avançada e os que possuem problemas respiratórios. Também estão nessa classificação, indivíduos com outras enfermidades como hipertensão, diabetes e doença coronariana. Isso não significa que pessoas mais novas, ou jovens e crianças, não devam tomar cuidado. O que não podemos é agir de maneira apavorada.

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Em estudo recente de uma equipe de médicos chineses, a primeira mais completa sobre a progressão do Covid-19, relatou que a duração média da febre foi de 12 dias e a dificuldade para respirar em 13 dias. No total, entre o aparecimento dos sintomas até a alta do hospital foram 22 dias. Ou seja, o vírus tem um período de ação, assim como uma gripe forte. 

Como faço para me prevenir?

É mais simples do que parece babão. Lavar as mãos com frequência durante o dia, com água e sabão, é primordial. Não apenas lavar normalmente e sim com cuidado, seguindo o procedimento indicado por médicos como o correto para eliminar qualquer vestígio de contágio pelas mãos. Evite levar as mãos aos olhos, boca e nariz. O uso do álcool em gel funciona e muito bem. Em ambientes como escritórios é recomendado ter um sempre à disposição. Inclusive para limpar teclados, mesas e demais utensílios de uso cotidiano.

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Na escola do seu filho, verifique se essa higiene está sendo realizada pelas professoras ou tias cuidadoras, converse com a direção para se certificar. Se possível, incentive a escola a promover a conscientização por meio de atividades ou cartazes com desenhos da maneira correta de higienizar as mãos. A educação é a melhor saída.  Ao tossir, não o faça colocando as mãos na frente e sim o cotovelo ou braço dobrado. Assim evitará qualquer transmissão. Também é recomendável evitar o aperto de mão e o contato muito próximo das pessoas. Se o seu filho já tem idade suficiente, converse bastante, explique a importância de tomar essa medidas, sempre tomando cuidado para não transferir um medo irracional para ele.

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Isso significa que devemos agir como robôs frios e sem sentimentos? Claro que não. Tudo depende do seu bom senso. Um exemplo, se a sua cidade ainda não registra casos não tem porque agir como se estivesse vivendo em uma ambiente tomado pela epidemia. Faça corretamente a prevenção mas não fique agindo de maneira paranoica, algo comum nesses casos.  O que nos leva ao último item.

Como não entrar em paranoia com a possibilidade de contágio?

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Esse é um problema complicado de resolver em tempos de redes sociais, fake news e jornalismo que sobrevive com a tragédia dos outros. Acompanhar a evolução da situação é determinante mas procure sempre recorrer a meios confiáveis. Prefira o jornal, ou sites confiáveis, ao invés da mensagem de Whats App do amigo. Procure não passar grande parte do dia lendo sobre o assunto, isso vai gerar um medo inconsciente e perigoso. Tente checar as novidades sobre o Coronavírus duas ou três vezes ao dia, no máximo. 

Tudo que um pai precisa saber para se prevenir do Coronavírus sem paranoia! - Papo de Pai

Tenha serenidade amigo babão, juntos, com informação e objetividade, passaremos por mais esse problema. Tenha cuidado sim, quem é pai sabe que nunca é demais, mas não leve o pânico para sua família. É importante educar para que o Brasil não seja a nova China ou Itália. Mas é bom lembrar que ainda estamos distante desse cenário. Prevenir para não precisar se apavorar, esse é o lema.

Ler conteúdo completo
Indicados para você