[ editar artigo]

Terry Crews fala sobre os danos causados pela pornografia em seu casamento

Terry Crews fala sobre os danos causados pela pornografia em seu casamento

 Você certamente conhece Terry Crews, seja pela sua atuação como o pai do Chris em “Todo mundo odeia o Chris” (aliás, com dois empregos!) ou por outros papéis, como em “As Branquelas” e “Broklin 99”.

Casado há 30 anos com Rebecca King-Crews, com quem teve 5 filhos, o ator também usa sua influência para falar sobre os malefícios da pornografia e alerta que seu relacionamento quase terminou devido ao vício.

A luta para abandonar a prática o motivou a contar sua história em um livro escrito junto com sua esposa chamado Strong Togheter (Em português "Juntos somos mais fortes").

 Na sua nova entrevista ao “People Every Day”, publicada no último dia 11, Terry comentou também como a pornografia é incentivada por Hollywood: “O sucesso é o lugar mais quente para se esconder. Tive tantas pessoas me dizendo que eu estava ótimo e não havia problema. E sabe de uma coisa? Hollywood não se importou. Ela ainda não se importa se você perder sua família, isso acontece todos os dias”.

A esposa Rebecca completou a fala ao contar que o casal precisou buscar ajuda para superar as adversidades e seguir unido “Descobrimos que havia toda uma indústria em torno desse problema, porque a pornografia se tornou a nova droga”.

  O ator agradeceu ao apoio dos verdadeiros amigos, que o aconselharam a buscar ajuda e não se divorciar. “Rebecca me conheceu quando eu estava falido. Ninguém mais conhece meu verdadeiro eu. Pensava ‘Quem poderá substitui-la? Ninguém pode substituir as coisas pelas quais passamos’. E sou grato por nosso relacionamento nunca ter chegado a um ponto sem volta, porque isso é sério”, disse Terry.

A história sobre a luta com a pornografia já havia sido tema da entrevista no programa “Jimmy Kimmel Live” há um mês atrás e o vídeo com as declarações acerca dos desafios da recuperação pode ser conferido no youtube:

Nesse vídeo, Crews ainda declara: “Houve momentos em que eu senti falta. Mas estou bem agora! (...) Mas eu tenho que te dizer uma coisa... as pessoas pensam que é uma questão de força de vontade, mas não é. É literalmente uma questão de falta de informação. Depois que você sabe o que ele (o vício) faz, fica mais fácil entender o dano que ele pode causar.”

Outros temas, como a cultura do cancelamento e seus efeitos, também são comentados por Terry, que afirma estar focado em melhorar como pessoa, ainda que possa ser cancelado por seus erros. “Só quero mostrar as pessoas que ainda estou aqui, ainda estou vivo e ainda posso continuar, porque tenho muita vida para viver.”

Siga acreditando na sua família, Terry. Sempre vale a pena buscar ser melhor por quem amamos!

 

 

Papo de Pai
Karine de Mattos Da Costa
Karine de Mattos Da Costa Seguir

Professora, mãe do Daniel, mestre em Literatura e apaixonada pela escrita, comunicação e leitura.

Ler conteúdo completo
Indicados para você