[ editar artigo]

Relação saudável entre irmãos possibilita menos conflitos na vida adulta

Relação saudável entre irmãos possibilita menos conflitos na vida adulta

 

Nas configurações das famílias nucleares e tradicionais, apresenta-se a importância dos papéis entre seus membros e como eles se dão, afinal cada um possui sua função específica para além da identidade pessoal.

É muito comum ouvir falar sobre as influências que os pais, como protetores e educadores, exercem sobre seus filhos. No entanto, o que será abordado ao longo do texto está relacionado aos fatores existentes na relação entre irmãos. Neste microssistema existem alguns pontos relevantes na construção, desenvolvimento individual e maturidade dos filhos, saibam quais são eles;


Como base fundamental, o ambiente primário saudável propicia experiências e aprendizagens que irão repercutir ao longo da fundamentação das crianças e possibilitar a boa relação entre eles, embora existam neste processo os desafios a serem enfrentados.

A construção do vínculo entre os pequenos aprendizes é instável, especificamente na infância até o início da adolescência, proveniente de uma ambivalência (aproximações e distanciamentos constantes) onde um se vê no outro em algumas situações e, ora buscando a própria individualidade, sendo necessário o respeito pelo tempo de elaboração de cada um.

Assim como a intervenção construtiva de um responsável ou até mesmo de ambos, após o calor das emoções, trabalhando o diálogo com a comunicação não violenta.

Uma outra questão interessante a ser mencionada é a existência da modelagem e seus resultados entre o irmão mais novo relacionado ao mais velho. Já observaram que os filhos mais novos aprendem algumas coisas mais rápido do que o primogênito?!

Pois bem, nos referenciamos o tempo todo compondo nossa construção subjetiva quando crianças. Este é o processo da modelagem para os aprendizados intrínsecos e fazem parte de um processo que se dá naturalmente, ou seja, não deve ser forçado pelos papais.

É válido destacar também que estes pequenos cidadãos estão sob o auxílio de adultos que possibilitam a melhor educação possível, e nesta inclui o respeito pela personalidade da criança. É extremamente importante conhecer o modo de funcionar de cada uma para intervir de forma assertiva e direcionada no sentido relacional.

Em casos de conflitos latentes e prejudiciais entre os irmãos, é importante o auxílio profissional na orientação familiar ou até mesmo psicoterapia familiar. Fiquem atentos!

Considerando esta fantástica dinâmica e pontos abordados, além de existir como espécie humana é necessário buscar o sentido de si, do todo e do mundo.

Tais composições alistais podem diminuir conflitos pessoais como nas relações de irmãos na vida adulta, proporcionando melhores elaborações e manejos frente as discordâncias e posicionamentos aversivos.

Pode ser que você esteja se deparando justamente com desafios relacionados a algumas destas questões apresentadas e venha enfrentando bem de pertinho cada uma delas neste momento de isolamento social.  Servindo talvez como sinalizador direcionando as respostas de tantos questionamentos.

Ao acessar, compreender e elaborar de forma consciente estas informações, desfrute de relacionamentos prósperos, viva uma vida familiar (dentro da sua realidade e configuração) da melhor e mais elevada maneira!

Você merece ter uma família PRÓSPERA!

Pais cuidam, filhos são protegidos e amados, irmãos compartilham a mesma educação de formas diferentes enriquecendo seus arsenais para enfrentamentos diários e futuros, no decorrer de suas vidas.

Pollyana – Psicóloga infantil e familiar.

Papo de Pai
Pollyana Marques
Pollyana Marques Seguir

Atuo como psicóloga infantil e familiar auxiliando pais e filhos no próprio desenvolvimento humano, assim como na homeostasia do sistema familiar visando a compreensão individual do comportamento e logo nos seus impactos na saúde física e mental.

Ler conteúdo completo
Indicados para você