[ editar artigo]

Por que os pais precisam parar de usar a palmada como forma de educar seus filhos

Por que os pais precisam parar de usar a palmada como forma de educar seus filhos

Existem maneiras mais eficazes e menos prejudiciais de disciplinar seu filho.

A palmada – geralmente definida como bater nas nádegas de uma criança com a mão aberta – é uma forma comum de disciplina ainda usada em crianças em todo o mundo. No entanto, até o momento, a palmada foi proibida em 53 países e estados em todo o mundo.

O uso da palmada tem sido muito debatido nas últimas décadas. Os defensores afirmam que é seguro, necessário e eficaz; os opositores argumentam que a violência física é prejudicial às crianças e viola seus direitos humanos à proteção.

Mas várias pesquisas mostram claramente que a violência está relacionada a uma maior probabilidade de muitos problemas de saúde, sociais e de desenvolvimento

Esses maus resultados incluem problemas de saúde mental, uso de drogas, tentativas de suicídio e condições de saúde física, juntamente com problemas de desenvolvimento, comportamentais, sociais e cognitivos.

Igualmente importante, não há estudos de pesquisa mostrando que a palmada é benéfica para as crianças.

Aqueles que dizem que a palmada é segura para uma criança se feita de uma maneira específica, ao que parece, estão simplesmente expressando opiniões. Mas essas opiniões não são apoiadas por nenhuma evidência científica.

O que diz a ciência sobre a palmada

Já existem centenas de pesquisas sobre o uso de violência na educação de crianças com uma ampla variedade de amostras e desenhos de estudo. 

E as evidências científicas desses estudos mostraram consistentemente que a palmada está relacionada a resultados prejudiciais para as crianças.

Isso foi melhor demonstrado em duas meta-análises de referência lideradas pela Dra. Elizabeth Gershoff. O primeiro artigo, publicado em 2002, revisou e analisou 88 estudos publicados nos 62 anos anteriores e descobriu que o castigo físico estava associado a abuso físico, delinquência e comportamento anti-social.

Uma meta-análise atualizada foi publicada mais recentemente em 2016. Ela revisou e analisou 75 estudos dos 13 anos anteriores, concluindo que não havia evidências de que a palmada melhorasse o comportamento da criança e que estava associada a um risco aumentado de 13 resultados prejudiciais.

Estes incluem agressão, comportamento anti-social, problemas de saúde mental e relacionamentos negativos com os pais.

Então agora temos dados robustos que demonstram claramente que a palmada não é segura, nem eficaz. 

Compartilhe esse artigo com o máximo de pessoas que puder pra que todos possam rever seus conceitos sobre as palmadas.

Precisamos urgentemente buscar formas mais positivas e menos nocivas de educar nossos filhos, não é?!

***

Referências: Punição Corporal por Pais e Comportamentos e Experiências de Crianças Associadas: Uma Revisão Meta-Analítica e Teórica

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você