[ editar artigo]

Pesquisas revelam que quanto mais você abraça seus filhos, mais eles se desenvolvem

Pesquisas revelam que quanto mais você abraça seus filhos, mais eles se desenvolvem

Admita, babão, você não consegue resistir à tentação de abraçar seu filho sempre que pode, mesmo correndo o risco de parecer um pai grudento. É, eu sei, eles são fofos e, principalmente quando sorriem, a vontade de apertar quase não cabe dentro da gente,. E agora, de repente, você fica sabendo que esse gesto de amor não só é válido quanto pode ser muito benéfico para o desenvolvimento de uma criança.

De acordo com uma pesquisa recente do Nationwide Children’s Hospital, em Ohio, a afeição física durante o período de desenvolvimento do bebê é ainda mais importante do que pensávamos. Quanto mais você abraça um bebê, mais o cérebro dele se desenvolve.

Pesquisas revelam que quanto mais você abraça seus filhos, mais eles se desenvolvem - Papo de Pai

No estudo, 125 bebês, prematuros inclusive, foram incluídos. A pesquisa  analisou o quão bem eles reagiram ao serem acarinhados.

O resultado dos testes confirmaram o poder do carinho

Pesquisas revelam que quanto mais você abraça seus filhos, mais eles se desenvolvem - Papo de Pai

Os resultados indicaram que os bebês prematuros responderam menos ao afeto do que os bebês que não nasceram prematuros. O que também foi revelado, no entanto, foi que os bebês que foram submetidos a mais carinho por pais ou funcionários do hospital, mostraram uma resposta mais forte do cérebro.

De acordo com a pesquisadora, a doutora Nathalie Maitre, esta última revelação nos diz que algo tão simples como o contato corporal ou o balanço de seu bebê nos braços fará uma grande diferença na forma como o cérebro deles se desenvolve.

Pesquisas revelam que quanto mais você abraça seus filhos, mais eles se desenvolvem - Papo de Pai

“Certificar-se de que os bebês prematuros recebam um toque de carinho é essencial para ajudar seus cérebros a responderem ao toque suave de maneiras semelhantes àquelas dos bebês que experimentaram uma gravidez completa”, disse a pesquisadora ao Science Daily .

Portanto, não espere mais nem um minuto e pegue o seu pacotinho e aperte bastante, sem nenhuma moderação! Mas cuidado pra não machucar o pequeno, né babão?  Brincadeira, manda ver!

Ler conteúdo completo
Indicados para você