[ editar artigo]

Pais gordinhos vivem mais, afirma professor americano

Os homens de meia idade um pouco mais "gordinhos", com a famosa barriga de chopp, podem ser mais saudáveis ​​do que seus colegas mais magros.

Quem diz isso é Richard G. Bribiescas, professor americano de antropologia, da Universidade de Yale. Ele afirma que os indivíduos gordinhos têm níveis mais baixos de testosterona, o que os torna menos propensos a comportamentos arriscados e mais focados em cuidar da suas famílias.

Pais gordinhos vivem mais, afirma professor americano

"Essa mudança na composição corporal não só faz com que esses homens comprem calças mais confortáveis, mas também facilitam o aumento da sobrevivência e, hipoteticamente, apoie de forma mais efetiva o investimento paterno", escreve Bribiescas em seu novo livro: “How Men Age: What Evolution Reveals About Male Health and Mortality” (Princeton University Press, out now).

O link acima é patrocinado. Comprando através dele você ajuda a financiar o Papo de Pai.

***

Pais gordinhos vivem mais, afirma professor americano

Ele também argumenta que indivíduos mais esquivos, com níveis mais baixos de testosterona, são menos propensos a ataques cardíacos e câncer de próstata.

"Os efeitos cumulativos de uma exposição vitalícia à testosterona podem contribuir para a hiperplasia da próstata e câncer mais tarde na vida", diz Bribiescas. Ele reforça ainda que essas descobertas só se aplicam a caras que estão ligeiramente acima do peso.

Fonte: New York Post   |   Tradução e adaptação: Redação Papo de Pai

[adinserter block="1"]

[adinserter block="3"]

Ler matéria completa
Indicados para você