[ editar artigo]

Pais criam cinema em casa para divertir o filho pequeno em meio à pandemia

Pais criam cinema em casa para divertir o filho pequeno em meio à pandemia

Uma família de babões conseguiu manter o passatempo preferido do filho, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus: ir ao cinema. Em uma postagem nas redes sociais, Mariel Mavil e Martín transformaram a casa em um verdadeiro cinema, com direito a lanches, poltronas numeradas e filmes em cartaz. A brincadeira foi compartilhada milhares de vezes e encantou a todos, principalmente ao filho, o pequeno Matias, de 6 anos.

Pais criam cinema em casa (impressionante) para divertir o filho pequeno em meio à pandemia - Papo de Pai

“Meu filho é fã de cinema, gosta de assistir filmes sempre. Mas, durante a pandemia, como não podemos ir, trouxemos o cinema para casa, foi uma grande surpresa. Ele ficou realmente muito feliz”, conta Mariel Mavil, que mora em Veracruz, no México.

Quando o menino expressou seu desejo de ir ao cinema para assistir a um filme, seus pais, Mariel e Martín, usaram sua ingenuidade para tentar realizar a experiência de seu filho, apesar do confinamento devido à pandemia de coronavírus.

A sessão de cinema completa

Pais criam cinema em casa (impressionante) para divertir o filho pequeno em meio à pandemia - Papo de Pai

Os pais de Matias compraram lanches, imprimiram alguns ingressos e cartazes para os filmes favoritos de seu filho. Além disso, instalaram um projetor, pegaram o computador, apagaram as luzes da casa e deram início a uma nova realidade dentro da quarentena, muito comemorada pelo filho.

Pais criam cinema em casa (impressionante) para divertir o filho pequeno em meio à pandemia - Papo de Pai

Quando o garoto entrou pela porta, ficou surpreso que a sala tivesse se transformado em um cinema de verdade com bilheteria, outdoor, loja de doces e telão. O casal estava vestido como empregados e ofereceram um excelente serviço. A bebida foi entregue em um copo do filme “Como treinar seu dragão” e prepararam um bolo quente para do Mickey.

Depois que o pai indicou os filmes disponíveis, o menino escolheu e recebeu um ingresso para que ele pudesse “entrar” para assistir ao longa-metragem. A história fez sucesso nas redes, já tendo sido compartilhada mais de 35 mil vezes no Facebook.

Ler matéria completa
Indicados para você