[ editar artigo]

Pai dirige quase 2 mil km para ficar 30 minutos com a filha no seu aniversário

Pai dirige quase 2 mil km para ficar 30 minutos com a filha no seu aniversário

Esse babão é a prova de que não existem limites pro amor entre pais e filhos. Ele percorreu 1.800 quilômetros, entre ida e volta, para poder passar 30 minutos com a filha e desejar a ela um feliz aniversário em meio à quarentena.

Julio Cesar Segura, de 53 anos, dirigiu por 17 horas, da cidade de El Paso à Austin, capital do Texas, para ver a filha, Diana. Eles organizaram um almoço à distância e comemoraram os 19 anos da jovem.

O pai de Diana, que trabalha como corretor de imóveis, ligou para a filha para lhe desejar um feliz aniversário e perguntou se poderia pedir um almoço especial para ela via delivery.

“Ele me disse que, como estava longe, iria pedir um almoço pra mim e enviaria o pedido via Uber Eats”, disse Diana. “Então, mandei uma mensagem dizendo o que eu queria, um sanduíche de filé de frango com queijo cheddar, molho de búfalo e maionese”.

O que Diana não sabia era que o babão havia acordado às 3h30 da manhã para pegar a estrada, a tempo de surpreendê-la com o mesmo almoço de aniversário que ele providencia todos os anos.

“Saí de casa às 4h15. Sentia falta dela e queria lhe fazer uma surpresa”, disse Julio. “Decidi ir no dia anterior. Eu a amo e queria ter certeza de que ela teria um bom aniversário“.

Depois de fazer o pedido do sanduíche via telefone com o pai, Diana abriu a porta do prédio esperando encontrar um entregador, em vez disso, ficou surpresa ao encontrar o pai do lado de fora com balões e uma placa de feliz aniversário na mão.

“Ele apareceu com a comida, uma cartolina e balões”, lembrou a jovem. “Eu estava tão animada. Eu não o vejo há meses, desde as férias de inverno (dezembro). Pensei que não o veria até agosto.”

“Ele sempre foi alguém que gosta de gestos, mas eu nunca imaginei que ele faria isso em uma pandemia", ressaltou.

Pai e filha desfrutaram da refeição do lado de fora do apartamento, respeitando as diretrizes de distanciamento social e sentando a um metro e meio de distância um do outro. “Fomos a um pequeno terraço e havia cadeiras realmente espalhadas”, disse Diana. “Nós comemos separados por vários metros de distância.”

Depois de apenas meia hora com a filha, Julio se despediu e pegou a estrada novamente, enfrentando os 900 km que separam a cidade da filha à sua.

“Eu dirigi o dia inteiro, mas fiquei muito feliz no caminho de volta”, disse o paizão coruja. “Ela mereceu um bom aniversário.”

TAGS

noticias

Ler matéria completa
Indicados para você