[ editar artigo]

Pai cria perfil para retratar os desafios da paternidade homoafetiva e viraliza!

Pai cria perfil para retratar os desafios da paternidade homoafetiva e viraliza!

Um verdadeiro fenômeno com mais de 28 mil seguidores no Instagram. Essa pode ser a descrição mais rápida do mestre em educação e pai Bruno Vilas Boas, mostrando que, mesmo com todos os desafios que ele e seu marido enfrentam diariamente, a paternidade homoafetiva deve ser encarada de maneira leve.

Isso através de um perfil bem humorado e brincalhão em que o casal, pai de Sol, um garotinho de 4 anos, prova ao mundo que o mais importante de tudo é amor.

O perfil em questão, chamado Paternidade Divertida, trata de assuntos que nem sempre são simples de maneira otimista e despretensiosa, afinal, existem inúmeros tipos de formações familiares e nenhuma está certa ou errada. 

“Lancei o perfil para falar sobre os desafios de educar uma criança numa sociedade intolerante como a nossa, mas optei por fazer isso de maneira otimista e bem-humorada, forma com a qual também procuro levar a vida”, explica Bruno.

E comprovando que as pessoas querem ver bons exemplos vindo de famílias fora do estereótipo comum, em poucos meses a conta atingiu quase 30 mil seguidores.

 

Segundo o casal, pessoas de todo o país enviam mensagens e feedbacks dizendo para eles continuarem. Recebo muitas mensagens de gratidão por ter despertado risadas, principalmente neste período delicado de isolamento social. Isso dá forças para continuar”, diz Bruno.

Como tudo começou

O casal e seu pequeno vivem no Rio de Janeiro e decidiram criar a conta no Instagram por um motivo pra lá de inspirador: incentivar outras famílias homoafetivas a adotarem filhos.

A idéia veio ao observarem como a sociedade ainda é preconceituosa com famílias que fogem do tradicional. Foi assim que eles decidiram abordar o tema de maneira bem humorada.

 

Educar nossos pequenos já não é simples, porém, o desafio é ainda maior em famílias homoafetivas. Mas eles perceberam que deveriam tratar do tema de maneira leve e simples, uma forma de mostrar às pessoas que qualquer casal que tem o sonho de ter um filho deveria fazê-lo, independente do gênero ou opção sexual.

Bruno e o marido Victor, chegaram a ficar assustados com tamanha exposição, sobretudo em relação ao filho. Apesar disso, eles também consideram importante que o garoto seja criado para saber lidar com diferentes situações que possam ocorrer na ausência deles.

 

TAGS

noticias

Ler conteúdo completo
Indicados para você