[ editar artigo]

Nosso momento

Nosso momento

Em uma vida guiada por atividades profissionais, como reuniões, e-mails, videoconferências, prazos, entregas de projetos, entre tantas outras tarefas, muitas vezes, inconscientemente, deixamos outras coisas importantes passarem. Mas devemos estar atentos para que não deixemos o tempo passar, as crianças crescerem e os arrependimentos baterem.  

A infância é o momento em que o ser humano cria memórias, referências, discernimento e começa a se preparar para a construção de seu futuro. Por isso, a família é parte essencial desse processo.

Muito se é discutido sobre o quanto mães e pais devem batalhar para que algumas vezes por semana haja esse momento voltado à família. Mas poucos reforçam o quão significativo é para as crianças terem um momento a sós com o pai ou com a mãe.

Mais do que falar cientificamente sobre essa experiência, paremos para refletir um pouco sobre nossa própria história. Puxe na memória algumas das lembranças sobre sua infância. Com certeza, alguns dos momentos mais gostosos que estão guardados em nossa mente foram em companhia de um dos nossos pais, como um jogo especial, uma história bem contada, uma brincadeira favorita.

Agora que você está mais familiarizado com a sensação, coloque-se no lugar do seu filho. Como você gostaria que ele se lembrasse de você no futuro? Que momento especial você gostaria de proporcionar para que no futuro, ele possa recorrer a essas lembranças quando ele estiver construindo seu próprio caminho e, mais do que isso, sua própria família?

Por isso, busque desde já tomar pequenas atitudes que serão realmente transformadoras. Coloque esse momento pai e filho como um compromisso na agenda. Seja um sorvete nas tardes de sábado, uma partida de videogame à noite, uma história antes de dormir. O importante é essa construção diária de laços.

Como consequência, você vai perceber que seu filho terá um relacionamento muito mais saudável com você e com as pessoas que o cercam, que o respeito a autoridade da figura do pai também se tornará mais forte.

Outros efeitos colaterais positivos são a melhora no desempenho escolar, mais segurança, confiança, autoestima e mais disciplina.

Não deixe que o tempo passe. Você verá que cada minutinho valerá e muito pelo resto da vida.

Papo de Pai
Isa Vaal
Isa Vaal Seguir

Psicóloga e fundadora do TotoyKids

Ler conteúdo completo
Indicados para você