[ editar artigo]

A função da família frente as dificuldades de aprendizagem infantil

A função da família frente as dificuldades de aprendizagem infantil

Os primeiros indícios de dificuldades na aprendizagem se mostram já na infância e muitas vezes acabam por ser percebidos na pré-escola, durante os primeiros anos da educação infantil, a descoberta de qualquer dificuldade no aprendizado costuma marcar dois perfis típicos de famílias.

As que se preocupam excessivamente e de cara começam a estipular justificativas para a dificuldade da criança; E aquelas que se negam a acreditar que a criança possa de fato estar com um problema sério e por isso precise de ajuda.

Não quero aqui defender nenhum desses comportamentos como ideal, até porque é preciso cautela e acompanhamento profissional para interpretar esses possíveis sinais de que a acriança necessita de um acompanhamento especializado, é importante lembrar que na busca por identificar possíveis indícios de uma dificuldade, pais costumam considerar a imaturidade e até ausência de aptidão de seus filhos para determinadas áreas como um problema.

É comum que o fracasso escolar esteja associado muitas das vezes a reprovação ou ao baixo desempenho em determinada disciplina, quanto a isso é preciso compreendermos que esse resultado é comum até mesmo em adultos, muitos de nós temos mais facilidade em reter determinados conteúdos.

Naturalmente, uma pessoa que se aplique bem a disciplinas de exatas pode vir a ter dificuldades maiores em assuntos que envolvam linguagem e comunicação.

A simples dificuldade em aprender determinado conteúdo não significa necessariamente a existência de uma deficiência, e mesmo que assim seja, muitos tratamentos podem hoje ser executados com acompanhamento especializado afim de sanar ou ao menos diminuir as dificuldades.

Saber identificar os traços que de fato caracterizam uma dificuldade e ter paciência quanto ao desenvolvimento da criança, sem pressiona-la ou rotulá-la como lenta e incapaz ou comparando-a com as demais crianças, é o primeiro passo a ser considerado por uma família empenhada em ajudar os pequenos.

Todas as crianças devem ser valorizadas e elogiadas frente ao seu ritmo, precisam de estimulo e incentivo para continuarem evoluindo, a existência de uma dificuldade ou até deficiência intelectual podem representar a necessidade de um olhar mais apurado e cuidadoso sobre a criança, o que implica não somente em mudanças sobre a conduta familiar, mas cuidados que extrapolam o ambiente do lar.

Papo de Pai
Fábio Júnio
Fábio Júnio Seguir

Fábio Júnio, Professor, técnico em Magistério e discente de L. Pedagogia, fascinado pela docência, ensino e educação. Numa urgência, sem pressa!

Ler matéria completa
Indicados para você