[ editar artigo]

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas

Um hábito muito comum em todos os babões é a preocupação com a limpeza, ligada a saúde dos pequenos. Porém, vou contar uma coisa para vocês. Nem sempre a limpeza, ou aquele exagero com ela, faz o bem que imaginamos.

Sabe aquela coisa de toda hora "Filho, vai lavar as mãos"? Isso não é algo tão positivo assim. Aquele conhecido que não pode ver um frasco de álcool gel que pula em cima e já fica apertando como se dali fosse sair chocolate? Isso é bem pouco saudável.

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas - Papo de Pai

 

Cientistas orientam que devemos deixar um pouco de lado aquele vício que temos de ficar esfregando aquela gosma de álcool nas mãos, segundo pesquisas as crianças precisam mesmo é de micróbios.

Mas peraí, não é que você vai agora deixar seu filho rolar no barro e depois deitar no sofá pra ver desenho. O caso é que o excesso de higiene oferece riscos ao organismo infantil. Claro que lavar as mãos é ótimo né babão? Previne doenças. Mas basta água e sabão e pronto.

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas - Papo de Pai

A microbiologista Marie-Claire Arrieta, coautora do livro Let Them Eat Dirt: Saving Our Children from an Oversanitized World (mais ou menos “Deixe que comam sujeira: salvando nossos filhos de um mundo superhigienizado“), aponta que hoje em dia os pais fazem uso de uma forma exagerada dos antibióticos, sabonetes bactericidas, entre outros artifícios. E isso é mais prejudicial do que benéfico para o seu filho.

Não expulse os micróbios do bem

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas - Papo de Pai

A cientista, que atua também como professora na Universidade de Calgary, defende que os micróbios que vivem em nosso intestino (é isso mesmo babão, temos vários dentro da barriga) são vitais para a saúde não só na fase inicial da vida mas durante toda nossa existência. Isso porque eles são os responsáveis pelo desenvolvimento do nosso sistema imunológico, sem esses micróbios não teríamos a menor chance no combate às infecções. 

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas - Papo de Pai

Marie-Claire explica que existe uma relação entre micróbios e o desenvolvimento da saúde e isso abrange tanto coisas mais simples como uma alergia até o surgimento do autismo. É o que ela chama de "hipótese da higiene".

A hipótese da higiene tenta explicar por que as alergias, assim como a obesidade, as doenças inflamatórias intestinais e até mesmo o autismo, são doenças em alta. E isso não é explicado apenas pelos genes. Nossos genes simplesmente não mudam tão rápido. Pesquisas mostram consistentemente que essas mudanças na exposição precoce de micróbios estão causando o aumento dessas doenças“, diz.

Dicas que podem ajudar

Apesar do papo sério e que parece filme de ficção científica, é simples agir de forma mais tranquila e permitir o desenvolvimento desses amigões do nosso organismo. Uma das maneiras de fazer isso é deixar seu filho brincar com animais sem muita neura, tomando cuidado mas deixando ele ter contato, principalmente com cachorros. Não precisa deixar seu filho igual o meu que quer dormir na casinha do cão mas sem medo dele pegar no animal, do cachorro lamber suas mãos, esse tipo de coisa.

Crianças precisam de mais micróbios para crescerem saudáveis, apontam cientistas - Papo de Pai

Outra dica é parar de querer limpar tudo que seu pequeno quer colocar na boca. Não precisa sair correndo ferver a chupeta toda vez que ela cai no chão, viu babão? Não esquenta com isso não. A pesquisadora explica melhor:

A higiene é crucial para a nossa saúde. Não devemos parar de lavar as mãos, mas devemos fazê-lo em um momento em que seja eficaz na prevenção da disseminação de doenças, antes de comermos e depois de usarmos o banheiro. Qualquer outra hora não é necessário“, conclui.

Quer ficar por dentro de tudo o que está rolando no Papo de Pai? Então conheça a nossa mentoria, faça parte do nosso grupo e siga a gente nas redes sociais: Facebook | Instagram | Youtube | Twitter

Ler conteúdo completo
Indicados para você