[ editar artigo]

Crianças com ou sem deficiência: elas precisam de independência

Toda criança precisa de independência física e mental para desenvolver suas habilidades cotidianas, e por que não dizer para a vida? Sim, independência é tudo que uma criança precisa. Até eu ter meu filho Abraão, autista, hoje com nove anos, eu achava que uma criança precisava apenas de bons estudos, boa alimentação e tempo para brincar.

No decorrer dos anos, após o diagnóstico do Abraão, descobri que eu estava muito enganada acerca do meu pensamento. Meu filho tinha vários probleminhas (vamos dizer assim), e dentre eles o que mais me preocupava era o déficit cognitivo e atraso psicomotor. Abraão não segurava o copo para beber água, não mastigava alimentos, não falava, não brincava com as irmãs, não sabia lavar as próprias mãos e nem mesmo a sua idade aos três anos.

Eu olhava para meu filho, ainda sem saber como lidar com aquela situação (sendo ele cem porcento dependente), me vinha logo o pensamento: "-E se eu morrer? Como fica meu filho?". Meu interior era uma taça transbordante de compaixão e dor infinita por ver ele naquela situação, sem saber fazer coisas básicas, ações do cotidiano.

Quando Abraão começou a estimulação precoce na APAE da cidade onde eu morava, fiquei por meses observando os outros pais levarem seus filhos com deficiência para as terapias. Eu observava tudo, as mães, as crianças, umas mais comprometidas e outras aparentemente com menos agravos, e pensava profundamente sobre o que eu podia fazer para contribuir com a independência física e mental do meu filho.

Crianças com ou sem deficiência: elas precisam de independência - papodepai.com Abraão - acervo pessoal de Athayleila Lira

Então, quero citar cinco dicas valiosas que fizeram toda a diferença na independência do Abraão e que podem ajudar seu filho(a) com ou sem deficiência a se desenvolver:

 

1 -Estimule a autonomia:

  • Deixe tudo o que não oferece risco ao alcance da criança, crie condições para facilitar o acesso aos brinquedos;
  • Caso a criança peça algo, diga para buscar ou vá juntamente com ele(a);
  • Mantenha bebedouros e/ou garrafas de água sempre ao alcance dos pequenos;
  • Incentive a se alimentar sozinho(a) sem se preocupar com a sujeira;
  • Estimule o banho e a higiene pessoal fazendo junto com a criança, e posteriormente deixe que (o)a mesmo(a) faça sozinho(a).

 

2 - Respeite o ritmo da criança:

  • Criança não tem ritmo de adulto, então troque a pressa pela observação. Vale a pena "ganhar tempo" observando seu(ua) filho(a), pois esse é o único jeito de conhece-lo(a);
  • Toda criança tem um ou mais talentos, explore-os sem cobrar;
  • Permita a livre escolha da criança de fazer o que gosta em seu momento livre.

 

3 - Permita a exploração do ambiente: 

  • Não se preocupe com a bagunça que sua criança possa fazer, deixe explorar o ambiente mostrar interesse;
  • Evite interromper a criança quando estiver concentrada fazendo algo que estimule sua imaginação;
  • Caso a criança tenha interesse por coisas diferentes como armários e guarda roupas, permita o acesso e observe;
  • Deixe subir e descer de locais que não ofereça risco de quedas ou lesões.

 

4 - Tenha paciência:

  • Nunca apresse sua criança no vestir ou calçar, muito menos na realização dos deveres escolares. Lembre-se que a criança precisa processar primeiro antes de executar;
  • Não grite! O grito pode gerar ansiedade, além de alterar o estado de humor e a concentração;
  • Proporcione ambiente tranquilo sempre que possível, a paz é sempre um fator favorável à imaginação;
  • Evite interromper quando a criança estiver falando ou tentando se comunicar. Interromper a fala da criança estimula a introspecção.

 

5 - Não faça comparações: 

  • Jamais compare uma criança com outra, isso pode gerar desestimulação e baixa auto-estima. Toda criança é capaz, só é preciso respeitar o tempo de cada uma delas;
  • Evite exemplos que possam expor ou humilhar. A humilhação pode causar danos irreparáveis ao psicológico da criança.

 

Muito sucesso aí na sua jornada!

Com amor fraterno.

[adinserter block="1"]

 

TAGS

Artigo

Ler conteúdo completo
Indicados para você