[ editar artigo]

Como criar crianças felizes: 9 passos apoiados pela ciência

Quando você pergunta aos pais o que eles querem para seus filhos, qual é a resposta mais comum? Eles querem que seus filhos sejam felizes. Existem toneladas de informações sobre criar crianças inteligentes e crianças bem sucedidas, mas como você cria crianças felizes? Às vezes, é difícil equilibrar o que é melhor para as crianças com o que as faz felizes - mas as duas não precisam ser mutuamente exclusivas.

As crianças mais felizes são mais propensas a se transformar em adultos bem-sucedidos e realizados. Então, de acordo com a ciência, o que realmente funciona quando se trata de criar crianças felizes?

Passo 1: seja feliz você mesmo

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

O primeiro passo para crianças mais felizes é, ironicamente, um pouco egoísta. Estar feliz é fundamental para que seus filhos também estejam.

Pesquisas extensas estabeleceram um vínculo substancial entre Pais e Mães que se sentiam deprimidos e "resultados negativos" em seus filhos, como atitudes e outros problemas de comportamento. A depressão dos Pais realmente parece causar problemas comportamentais em crianças; Isso também torna nossa parentalidade menos efetiva.
E isso não é meramente devido à genética. Embora o estudo tenha provado que os Pais felizes são estatisticamente mais propensos a ter filhos felizes, não foi possível encontrar nenhum componente genético relacionado a isto.

Passo 2: ensine a construir relacionamentos

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Ninguém nega que aprender sobre os relacionamentos é importante - mas quantos Pais realmente gastam o tempo para ensinar as crianças a se relacionarem com outras pessoas?

Não demora muito. Você pode começar encorajando seu filho a realizar pequenos atos de bondade para construir empatia. Isso não só ajuda a desenvolver habilidades essenciais, mas faz deles pessoas melhores.

[custom-related-posts title="Veja também:" order_by="title" order="ASC" none_text="None found"]

Passo 3: cobre esforço, não perfeição

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Os Pais que cobram demais a perfeição são mais propensos a ter filhos com altos níveis de depressão, ansiedade e abuso de substâncias em comparação com outras crianças. Elogie o esforço, não a habilidade natural.

Um teste mostrou que a maioria das crianças com inteligência acima da média queria o quebra-cabeça mais fácil; Eles não queriam correr o risco de cometer um erro e perder seu status de "inteligente". Por outro lado, mais de 90% dos jovens criados sem esse "peso" resolveram um enigma mais difícil.

Por quê? Segundo Especialistas, "quando valorizamos as crianças pelo esforço e pelo trabalho árduo que leva à realização, eles querem continuar envolvidos nesse processo. Desse modo elas não ficam preocupadas com o quão inteligentes podem ou não parecer.

Passo 4: ensine otimismo

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Quer evitar lidar com um adolescente grosseiro? Então ensine seus filhos a olhar para o lado positivo das coisas.

Os jovens de dez anos que ensinamos a pensar e interpretar o mundo de forma otimista são menos propensos a depressão quando passam pela puberdade.

[adinserter block="8"]

Passo 5: ensine Inteligência Emocional

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

A inteligência emocional é uma habilidade, não uma característica inata.

Pensar que as crianças "naturalmente" entenderão suas próprias emoções (e até mesmo as dos outros) é um grande erro. Um primeiro passo simples aqui é "Empatizar, Nomear e Validar" quando estão lutando com a raiva ou frustração.

Passo 6: ensine autodisciplina

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

A autodisciplina em crianças é mais preditiva do sucesso futuro do que a inteligência - ou a maioria das outras coisas, para esse assunto.

A autodisciplina facilita o aprendizado e processamento de informações. Além disso, as crianças autodisciplinadas lidam melhor com frustração e estresse e tendem a ter um maior senso de responsabilidade social. Em outras palavras, a autodisciplina não leva apenas ao sucesso na vida escolar, mas também para uma maior felicidade, mais amigos e um maior envolvimento na comunidade.

Qual é uma boa maneira de começar a ensinar a auto disciplina? Ajude as crianças a aprender a se distrair de uma tentação. Uma maneira de fazê-lo é esconder essa tentação. Quando uma recompensa é coberta, 75% das crianças em um estudo foram capazes de esperar um total de quinze minutos para a segunda recompensa; Nenhuma das crianças conseguiu aguardar tanto tempo quando a ela estava visível.

Passo 7: tenha mais tempo livre

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Lemos muito sobre concentração e meditação nos dias de hoje - e ambos são muito poderosos.

Mas fazer com que as crianças pratiquem isso regularmente pode ser um desafio. O que funciona quase tão bem? Mais tempo para brincar.

A maioria das crianças já pratica a concentração - aproveitando plenamente o momento presente - quando brinca. Mas nas últimas duas décadas, elas perderam oito horas por semana de seu tempo para brincar. Esse tempo não é somente para relaxar. Ele é também essencial para ajudar as crianças a crescer e aprender.

Os pesquisadores acreditam que essa queda dramática no tempo de recreação é, em parte, responsável pela desaceleração do desenvolvimento cognitivo e emocional dos filhos.

Passo 8: planeje seu ambiente

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Não gostamos de admitir isso, mas todos somos muito influenciados pelo nosso ambiente - muitas vezes mais do que percebemos.

Qual é uma maneira simples de controlar melhor os ambientes de uma criança? Menos TV.

Pesquisas demonstram um forte vínculo entre a felicidade e o pouco tempo em frente à televisão. Os sociólogos mostram que pessoas mais felizes tendem a assistir muito menos televisão do que pessoas infelizes. Nós não sabemos se a TV deixa as pessoas infelizes, ou se as pessoas infelizes assistem mais TV. Mas sabemos que há muitas atividades longe dela que ajudarão nossos filhos a se tornarem indivíduos felizes e bem ajustados. Se nossos filhos estão assistindo TV, eles não estão fazendo aquelas coisas que poderiam estar tornando-os mais felizes a longo prazo.

Passo 9: jantem juntos

 

Como criar crianças felizes 9 passos apoiados pela ciência

Às vezes, o que a ciência faz é validar as coisas que nossos avós já sabiam. Sim, o jantar em família é importante.

Esta simples tradição ajuda a moldar crianças melhores e as torna mais felizes também. Estudos mostram que as crianças que jantam com suas famílias regularmente são mais emocionalmente estáveis ​​e menos propensas a abusar de drogas e álcool.

Fonte: Time   |   Tradução e adaptação: Redação Papo de Pai

[adinserter block="1"]

[adinserter block="3"]

Ler conteúdo completo
Indicados para você