[ editar artigo]

China aprova lei que faz casais repensarem divórcio antes da separação

China aprova lei que faz casais repensarem divórcio antes da separação

A China costuma ser pioneira em medidas alternativas, em diversas áreas. Apesar disso, uma nova medida causou muita polêmica. Na último dia 28 de maio, o país aprovou uma lei em que fica determinado que os casais que desejam se divorciar precisam ter um período de um mês de “reflexão”.

A atitude causou discussão pelo fato de haver interferência nos relacionamentos privados.

China aprova lei que faz casais repensarem divórcio antes da separação - Papo de Pai

Como alternativa de reduzir as taxas de divórcio no país, o texto explica que ao solicitar a separação, o casal espere um mês para “repensar” na decisão.

Na rede social Weibo, uma opção chinesa ao Twitter, os internautas chegaram a levantar a hashtag “oponha-se ao período de reflexão para o divórcio”.

Na assembleia anual do Parlamento Chinês, será discutido também propostas sobre adoção, casamento e direitos de propriedade.

China aprova lei que faz casais repensarem divórcio antes da separação - Papo de Pai

Em 2019, houveram mais de quatro milhões de divórcios no país, número significativo para os dados da última década.

“O divórcio sem reflexão se tornou um fenômeno cada vez mais comum, que não promove a estabilidade da família“, comentou o porta-voz do comitê legislativo do parlamento à imprensa local.

China aprova lei que faz casais repensarem divórcio antes da separação - Papo de Pai

Ainda é argumentado por diversos legisladores que o período de reflexão poderá não ser aplicado para casos de violência doméstica, bigamia, estupro conjugal e outros tipos de ataques que causem problemas aos direitos individuais.

Ler matéria completa
Indicados para você