[ editar artigo]

Uma carta para minha ex-mulher, meu presente de Dia das Mães

Um dos temas que abordamos com frequência no Papo de Pai é a importância do bom relacionamento entre Pai e Mãe, mesmo após a separação. Acreditamos que quanto mais os pais tomarem consciência de que são responsáveis pelo bem-estar físico e emocional de seus filhos, a despeito da separação, maiores serão as possibilidades de um futuro melhor para eles, pois as crianças dependem dos pais e se formam através deles.

Por isso encorajamos os Pais a deixarem as mágoas de lado e valorizarem as qualidades uns dos outros. Afinal se atentar mais aos acertos que aos erros, trocar uma crítica por um elogio, são pequenas atitudes que podem melhorar consideravelmente a relação, impactando a vida de todos. Pois para as Mães fazer o melhor não é mais que a obrigação, elas raramente recebem um elogio. Por isso ter seu esforço reconhecido pode ser o melhor presente de Dia das Mães.

Então decidimos convocar nossos leitores que são separados para escreverem uma carta para suas ex-mulheres como presente de Dia das Mães. E o resultado você confere abaixo:

 

 

De: Alex Santos | Para: Viviane Lopes

 

" Noites mal dormidas, comer direito? Quase impossível! Correr para o hospital, madrugadas cuidando das febres, entre outras situações que eu sei que tu viveu e ainda vive...

Quem diria né, Mãe! Tu chegou a sonhar com isso? Agora olha pra nossa filha, pensa em todas as manhãs que tu acorda ao lado dela, ela te abre aquele sorriso e te dá um beijo de bom dia, acompanhado do "quero mama"hehhhe, difícil a gente passar 1 dia junto sem que briguemos e usemos o que cada um fez ou que deixou de fazer pelo outro, são raros os momentos em que conseguimos concordar com algo e rir de alguma piada que o outro faz... Mesmo assim to aqui, sabe por quê? Porque tenho orgulho de ti, da mulher que está se tornando, da Mãe que tens sido pra nossa filha.

Eu sempre fui bom com palavras, desde que eu escrevesse e não tivesse que falar, são 2 anos separados, de puro aprendizado e também conquistas e independente do que as outras pessoas pensem ou falem eu TE AMO.

Por que eu ainda te amo? Porque tu realizou o meu maior sonho, ser PAI, passamos quase 6 anos juntos, vivemos momentos maravilhosos e nada pode apagar isso, as pessoas só precisam aprender que existem várias formas de amar, dentre uma delas eu ainda te amo e só torço para que tu seja muito feliz.

Feliz Dia das Mães, obrigado por ser essa mãe maravilhosa para a Júlia, com toda a certeza do mundo ela sempre sentirá orgulho de olhar para as outras pessoas e falar "Essa é a minha Mãe". 

Ex-mulher? Algo que a gente nunca se livra (hehehehe), amiga? Algo que levamos pra vida toda!

Feliz Dia das Mães, Thais! "

 

De: Vinícius Lima | Para: Alexandra Rezende

 

Uma carta para minha ex-mulher, meu presente de Dia das Mães - papodepai.com Reprodução / Facebook

" Hoje é Dia das Mães, e eu não vou escrever aqui sobre como é lindo ser Mãe e toda aquela baboseira romântica. Não que eu ache que a Maternidade não seja algo grandioso, único e transformador na vida de qualquer mulher, mais do que isso, a Maternidade é algo inexplicável para um Pai. Seja mãe biológica, adotiva, Mãe nova, velha, Mãe de filho único ou de cinco filhos, mãe casada, separada ou solteira, mãe casada com outra Mãe. Cada experiência de vocês é única. E ainda tem as “Mães” por honra ao mérito, que não pariram mas por circunstâncias da vida exercem com maestria o papel maternal, seja Mãe-Avó, Mãe-Tia, Mãedrasta, Irmãe e em alguns casos até o Pai que por ocasiões de morte ou incapacidade da Mãe se vê obrigado a transcender sua Paternidade e tentar exercer um “papel” Maternal.

Poderia escrever uma infinidade de definições e não seria o suficiente. Então, hoje só quero agradecer por vocês existirem. E dizer que somente através de vocês é possível que nós sejamos Pais. Todos temos nossas falhas, todos erramos e o que eu mais desejo nesse Dia das Mães é que possamos entender que até as mães falham. Perdoá-las, compreendê-las e estender as mãos, estando juntos ou separados, em prol de que nossos filhos possam ter em ambos referências de segurança, amor, afeto. E que vocês possam encontrar em nós, Pais, parceiros na dura e trabalhosa missão de transformar nossos filhos em pessoas do bem, pensantes, críticos, batalhadores e capazes de voar por aí e sempre retornar a nós quando necessário.

Muito obrigado a minha Mãe (essa mulher é do caralho), muito obrigado a minha Avó por ter sido a Avó que todo neto gostaria de ter, muito obrigado à você, Alexandra, por ter gerado o JP e por ter feito o seu melhor durante esses 13 anos, e muito obrigado, Janaina, por estar carregando o Francisco em seu ventre, filho já muito amado e querido.

Que nós, Pais, possamos construir uma ponte com elas e que essa ponte entre Pai e Mãe seja mais forte que o relacionamento homem-mulher. "

 

 

Agradecemos aos leitores que toparam nosso desafio, deixando de lado eventuais mágoas e dando um lindo exemplo de gratidão e evolução espiritual. Esperamos que esse gesto possa ser o inicio a uma nova fase na relação de vocês, com ainda mais compreensão, companheirismo e respeito.

[adinserter block="1"]

[adinserter block="3"]

Ler conteúdo completo
Indicados para você