[ editar artigo]

Lei exige trocadores de fraldas em banheiros masculinos nos EUA

Mais um avanço para o fim da divisão de tarefas entre Pai e Mãe: acaba de ser aprovada nos Estados Unidos uma lei que obriga todos as repartições públicas e prédios do governo a terem trocadores de fralda nos banheiros masculinos. Chamada de "Babies Act", a nova lei foi sancionada pelo presidente Barack Obama poucos meses antes de deixar o cargo.

“Governos precisam assegurar que banheiros sejam apropriados para toda a família. Nenhuma mãe ou pai deveria se preocupar em achar um local que seja limpo e seguro para trocar a fralda de seu bebê – pelo menos num edifício público, que é pago pelos contribuintes”, defendeu David Cicilline, parlamentar autor do projeto de lei. Republicano, Cicilline é um dos poucos gays que assumiram sua escolha sexual no partido de direita.

No ano passado, um senador do estado de Nova York, também já tinha apresentado uma proposta sobre o mesmo tema. Assim como Cicilline, Brad Hoylman se posicionou a favor da luta pela igualdade de gênero a partir de sua experiência pessoal. Casado com outro homem, ele tem uma filha de 4 anos e disse que, em diversas ocasiões, quando ela era bebê, eles foram obrigados a mudar a fralda dela no chão de banheiros, corredores ou em estacionamentos porque não havia trocadores nos banheiros masculinos.

Banheiros masculinos serão obrigados a ter trocadores de fraldas nos EUA - papodepai.com

“Isso é um anacronismo que reflete o preconceito em relação às mulheres, sempre tidas como as cuidadoras”, afirmou Hoylman na época. “Isso simplesmente não é o caso de hoje em dia. Além de termos casais do mesmo sexo, há também uma grande quantidade de pais solteiros“.

Ainda no ano passado, o ator americano Ashton Kutcher fez uma campanha nas redes sociais pelos trocadores nos banheiros masculinos.

 

Pai de primeira viagem, ele organizou uma petição pedindo que duas das principais redes de varejo dos Estados Unidos, Target e Costco, se comprometessem a disponibilizar banheiros onde homens e mulheres pudessem entrar com seus bebês.

Banheiros masculinos serão obrigados a ter trocadores de fraldas nos EUA - papodepai.com

A petição de Ashton Kutcher foi vitoriosa. Conseguiu 104 mil assinaturas. As duas empresas citadas, Cosco e Target, se comprometeram a dialogar sobre a questão e reconheceram a importância do movimento. A cadeia Cosco garantiu que instalará banheiros familiares em todas suas novas lojas ou naquelas que sejam remodeladas.

Mas antes de sair por aí falando que o Brasil não presta e os Estados Unidos são o paraíso saiba que lá a licença maternidade é de apenas 12 semanas e sem nenhuma remuneração, o que os deixa nesse quesito ao lado dos países africanos Nigéria, Namíbia, Botsuana e Zâmbia. Já para os Pais a situação é ainda pior, pois apenas 3 estados têm leis que tratam sobre a licença paternidade.

Enquanto isso em alguns países da Europa a licença é concedida aos genitores. Eles recebem até 480 dias para ficar em casa e podem fazer a divisão como bem entenderem. Alguns Pais optam por ficar 1 ano cuidando dos filhos e por ser ainda algo inusitado deu orgiem a um ensaio incrível que recentemente mostramos aqui no site. Se você não viu clique aqui e confira.

[adinserter block="1"]

Ler conteúdo completo
Indicados para você