[ editar artigo]

Após três mortes, Nova York alerta pais sobre doença infantil ligada ao coronavírus

Após três mortes, Nova York alerta pais sobre doença infantil ligada ao coronavírus

A pandemia do COVID-19 tem mobilizado e preocupado o mundo todo. Quem é do grupo dos babões tem a preocupação redobrada por conta dos nossos pequenos. A maioria das pesquisas, até o momento, apontam o risco menor em crianças. Apesar disso, a historia parece não ser bem essa.

A morte de três crianças, em Nova York, por complicações inflamatórias possivelmente ligadas à Covid-19 levou Andrew Cuomo, governador do estado, a alertar para "um capítulo completamente diferente" de uma doença que se acredita causar apenas sintomas leves nos pequenos.

Após três mortes, Nova York alerta pais sobre doença infantil ligada ao coronavírus - Papo de Pai

O governador relatou a primeira morte, de um menino de 5 anos, na sexta-feira (8/05). Na entrevista coletiva, Cuomo aumentou o número de mortes para três, após a morte de uma menina de 7 anos e um adolescente."A doença tirou a vida de três jovens nova-iorquinos", disse Cuomo. "Isso é novo. Isso está se desenvolvendo. ”

As autoridades de saúde do estado disseram na semana passada que houve 73 casos relatados em Nova York de crianças gravemente doentes com uma reação tóxica, com sintomas semelhantes à doença de Kawasaki .

Segundo o The Guardian, Cuomo disse que muitas das crianças não apresentaram sintomas respiratórios comumente associados ao coronavírus quando foram levados para hospitais da região, mas todos deram positivo para o coronavírus em seus anticorpos. "Pensamos que as crianças poderiam ser vetores do vírus ... mas não pensávamos que as crianças sofressem com isso", disse Cuomo quando anunciou a fatalidade do primeiro caso. 

Sobre a doença de Kawasaki

Após três mortes, Nova York alerta pais sobre doença infantil ligada ao coronavírus - Papo de Pai

A doença de Kawasaki, que afeta principalmente crianças menores de 5 anos, pode fazer com que o sistema imunológico entre em excesso, causando febre, diarréia grave, erupções cutâneas e conjuntivite. Em casos mais graves, pode inflamar as paredes das artérias, afetando o fluxo sanguíneo para o coração e é potencialmente fatal. 

Segundo o infectologista Jamal Suleiman, do Hospital Emílio Ribas (SP), a síndrome de Kawasaki tem vários sintomas, principalmente vasculites, que são inflamações de vasos sanguíneos, que podem vir acompanhadas de febre. A Kawasaki pode evoluir para um quadro de choque tóxico, uma complicação que pode ser fatal, desencadeada, muitas vezes, por uma bactéria.

Ela é caracterizada pela falência de múltiplos órgãos e pode causar a insuficiência respiratória, por exemplo.

O infectologista explica que ainda não foi estabelecida uma relação causal entre o Sars-CoV-2 (chamado de novo coronavírus) com a Kawasaki, mas existe, sim, a probabilidade de haver uma ligação. "Esse vírus não é exclusivamente respiratório, ele promove várias alterações e a Kawasaki pode estar nesse pacote. Podemos ter manifestações cutâneas, que também aparecem em crianças, e diarreias. Isso tudo nada mais é do que uma inflamação", diz.

No Reino Unido, um garoto de 14 anos, também morreu da nova doença; e vários casos na Europa foram detalhados em um relatório publicado no Lancet . Os especialistas relataram que dor abdominal, sintomas gastrointestinais e inflamação cardíaca eram comuns nos casos.

Apesar do alerta, não há motivos para pânico imediato

Em um comunicado de imprensa da American Heart Association, a Dra. Jane Newburger, diretora do programa Kawasaki no Hospital Infantil de Boston, confirmou que um pequeno número de crianças desenvolveu síndrome inflamatória grave com Covid-19, muitas vezes levando à hospitalização.

“Queremos tranquilizar os pais porque isso parece incomum. Embora a doença de Kawasaki possa danificar o coração ou os vasos sanguíneos, os problemas cardíacos geralmente desaparecem em cinco ou seis semanas, e a maioria das crianças se recupera completamente”, disse Newburger.

“Raramente, mas às vezes, o dano na artéria coronária persiste. Por esse motivo, a doença de Kawasaki é a causa mais comum de doença cardíaca adquirida em crianças nos países desenvolvidos. O tratamento imediato é fundamental para evitar problemas cardíacos significativos. ”

Ler matéria completa
Indicados para você