[ editar artigo]

8 dicas para acalmar a mente ansiosa de um pai

Um dos grandes problemas da sociedade moderna é, sem dúvida, a ansiedade. Pensamentos ansiosos podem sobrecarregar qualquer pessoa, tornando muito mais difícil tomar decisões simples ou mesmo agir para resolver algum problema. Nós babões, somos bombardeados por diversas responsabilidades e isso nos faz pensar em muitas coisas sobre nossos filhos, como educá-los, a necessidade de colocar comida na mesa, dar atenção, se preocupar com a saúde deles, e por aí vai. 

Isso acarreta em uma sobrecarga de pensamentos que nos trazem a ansiedade, tornando esse processo um ciclo vicioso. E aí você pensa, como sair dessa situação? Não vai adiantar reprimir tais pensamentos, já te aviso de antemão. Eles voltarão com mais intensidade. Apesar disso, existem técnicas muito eficazes para reduzir esse fluxo estressante. Confira essas oito estratégias que preparamos para você:

1. Tentativa de Distanciamento Cognitivo

Tente ver seus pensamentos ansiosos como suposições, não como fatos. Sua mente está tentando protegê-lo, prevendo o que poderia acontecer, mas apenas porque algo pode acontecer não significa que isso acontecerá. Observe as evidências: Qual a probabilidade de o resultado negativo realmente acontecer? Existe algo de bom que pode contrapor? Seu filho necessariamente vai se machucar naquele parquinho? Ou naquela pista de skate? Não deixe a preocupação obstruir a chance de enxergar o lado positivo das coisas.

2. Experimente a desintegração cognitiva

8 dicas para acalmar a mente ansiosa de um pai - Papo de PaiPare de se fundir com seus pensamentos. Pense nos seus pensamentos como dados em movimento que passam pela sua mente, e não a verdade objetiva sobre uma situação. Nossos cérebros são hipersensíveis à ameaça e ao perigo, porque isso mantinha nossos ancestrais vivos em ambiente mais selvagem. Alguns de seus pensamentos podem ser apenas reações condicionadas, geradas por um cérebro que é orientado para a sobrevivência. Escolha se acredita ou não nesses pensamentos, em vez de apenas aceitá-los.

3. Pratique a atenção plena

Pratique observar seus pensamentos, em vez de reagir automaticamente a eles. Pense nos seus pensamentos como nuvens flutuando. Qual o atrai e o que faz você querer fugir? Existe uma maneira de você se desembaraçar e apenas observar seus pensamentos, em vez de reagir? 

4. Foco na experiência direta

8 dicas para acalmar a mente ansiosa de um pai - Papo de Pai

 

Sua mente inventa histórias sobre quem você é e sobre sua segurança e amabilidade. Nem todas essas histórias são precisas. Às vezes, nossas mentes são influenciadas por experiências negativas do passado. Qual é a sua experiência no momento presente? Isso é algo que está realmente acontecendo ou algo que pode acontecer? Observe que eles não são a mesma coisa, mesmo que sua mente possa tratá-los da mesma forma. Não é porque você passou por algo traumatizante que seu filho também vai passar. A referência serve de bagagem mas, na maioria das vezes, é apenas isso.

5. Etiquetar coisas

Rotule o tipo de pensamento que você está tendo, em vez de prestar atenção ao seu conteúdo. Observe seus pensamentos e, quando notar um julgamento (por exemplo, quão boa ou ruim é a situação), vá em frente e identifique-o como Julgador. Se você perceber uma preocupação (por exemplo, que você falhará ou sofrerá uma perda), identifique-a como Preocupante. Se você estiver se criticando, identifique-o como Crítico. Isso o afasta do conteúdo literal de seus pensamentos e lhe dá mais consciência de seus processos mentais. Você quer gastar seu tempo julgando e se preocupando? Existem maneiras menos críticas ou preocupadas de ver a situação?

6. Amplie sua visão

8 dicas para acalmar a mente ansiosa de um pai - Papo de PaiVocê está se concentrando muito estreitamente nos aspectos ameaçadores de uma situação, em vez de ver o cenário todo? A ansiedade faz com que nossas mentes se contraiam e se concentrem na ameaça imediata sem considerar o contexto mais amplo. Essa situação é realmente tão importante quanto a sua ansiedade diz? Você ainda se preocupará com esse problema em 5 ou 10 anos? Caso contrário, diminua a preocupação. Por exemplo: Seu filho está chorando na escola porque está sendo maltratado ou porque está em fase de adaptação?

7. Levante-se e siga em frente

Preocupar-se com um problema sem criar uma solução não ajudará a resolver a situação adversa. De fato, alimentando sua ansiedade, estará menos propenso a agir. Quando sua mente está presa em um loop, você pode interrompê-la, levantando-se e movendo-se ou executando uma tarefa ou atividade diferente. Quando você se sentar novamente, terá uma perspectiva diferente.

8. Decida se um pensamento é útil

8 dicas para acalmar a mente ansiosa de um pai - Papo de PaiSó porque um pensamento é verdadeiro não significa que é útil se concentrar nele, pelo menos não o tempo todo. Se apenas 1 em cada 10 pessoas conseguirem o emprego que você procura, e você continuar pensando nessas probabilidades, poderá ficar desmotivado e nem se dar ao trabalho em se candidatar. Este é um exemplo de um pensamento verdadeiro mas não útil. Concentre sua atenção no que é útil e deixe o resto ir embora.

Fonte: Psychology Today    Tradução e adaptação: Redação Papo de Pai

Ler conteúdo completo
Indicados para você